Somos 100% carbono negativo. Vamos além do neutro e compensamos o dobro do carbono que emitimos.

Estamos fazendo de tudo para mudar o futuro do varejo e do planeta.

Nos tornamos 100% carbono negativo em 2021, e, ao final do ano teremos compensado 30 mil toneladas de CO2, o que equivale a uma área florestal preservada do tamanho de 18 estádios do Maracanã.

Veja abaixo todas as nossas iniciativas:

a partir de 01.01.2021, passamos a neutralizar o DOBRO do carbono que emitimos em toda a nossa operação e cadeia de produção

O CO2 é o gás de efeito estufa que mais contribui para as mudanças climáticas que tanto ameaçam o nosso planeta.

Tudo emite CO2, inclusive a indústria da qual fazemos parte. 

ser neutro já não é suficiente

No mundo ideal, todo mundo deveria neutralizar sua pegada de carbono.

Como isso está longe de acontecer, resolvemos ir além.

assim, a gente não só neutraliza o que emite, mas deixa um saldo positivo para o planeta

Em outras palavras, é como se a gente fizesse a nossa parte e a de mais alguém. 

tudo emite carbono

- é tudo mesmo, até esse vídeo aqui embaixo

a diferença é que a AMARO negativa o dobro do que emite

caso você esteja se perguntando

(porque a gente também estava):

O que é carbono?

CARBONO, CO2… O QUE É ISSO, AFINAL?

É o dióxido de carbono (ou gás carbônico). Ele é essencial para a vida no planeta e para a fotossíntese. O problema aqui é a alta concentração dele na atmosfera, já que ele é o gás de efeito estufa que mais contribui para o aquecimento global.

Por que ele é emitido em excesso?

POR QUE ELE É EMITIDO EM EXCESSO?

Por causa dos desmatamentos, das queimadas, da atividade agropecuária, das indústrias, dos meios de transporte.

Por que devemos nos preocupar?

POR QUE DEVEMOS NOS PREOCUPAR?

O assunto é longo, mas a gente resume assim: o excesso de CO2 contribui para elevar a temperatura da Terra, o que traz danos irreversíveis para a humanidade. Estamos falando do derretimento das calotas polares, da elevação do nível do mar, da maior frequência de eventos climáticos extremos (como furacões, tsunamis) e da vida de várias espécies e ecossistemas do nosso planeta.

O que a AMARO faz?

O QUE A AMARO FAZ?

Primeiro, nós reduzimos ao máximo a quantidade de CO2 que a gente emite. O que não conseguimos reduzir, a gente mapeia, multiplica por dois e neutraliza através da compra de créditos de carbono com projetos que investem na conservação florestal e captação de biogás em aterros sanitários.

quer saber qual é a sua pegada de carbono?

clique aqui e faça o nosso quiz

pera aí, mas como exatamente a gente retira CO2 da atmosfera?

A gente faz isso através da compra de créditos de carbono com dois projetos que investem em iniciativas diferentes, olha só:

MOSS Carbon

 

PRESERVAÇÃO AMBIENTAL

Nos unimos a MOSS Earth para investir no Projeto Fortaleza Ituxi, que protege a floresta de uma das regiões com maior taxa de desmatamento da Amazônia: o município de Lábrea. O projeto também inclui a implementação de atividades que garantem o manejo florestal sustentável e beneficiam a comunidade local. Saiba mais aqui.

COLETA DE BIOGÁS EM ATERROS SANITÁRIOS

O ciclo de vida de um produto sempre termina em um aterro sanitário, onde sofre degradação anaeróbia e acaba liberando uma grande quantidade de gases de efeito estufa na atmosfera (biogás). Com este projeto da Biofílica, a gente garante que esse biogás seja extraído e tratado através de drenos e tubulações para gerar créditos de carbono e evitar que ele seja liberado para a atmosfera. Saiba mais aqui.

Biofílica

 

razões para acreditar

100% CARBONO NEGATIVO

100% CARBONO NEGATIVO

ECONOMIA DE 100 MIL LITROS DE ÁGUA POR ANO

ECONOMIA DE 100 MIL LITROS DE ÁGUA POR ANO

CADEIA PRODUTIVA RESPONSÁVEL

CADEIA PRODUTIVA RESPONSÁVEL

nossas metas de sustentabilidade

diminuiremos nossa pegada de carbono média em 10%

Relatório de sustentabilidade AMARO - 08.2021

Quer ir mais a fundo? No nosso relatório de sustentabilidade você acompanha todas as nossas iniciativas sustentáveis deste semestre, com direito a números, gráficos e muitos detalhes.

 

VER RELATÓRIO >

fazendo a coisa certa

Veja aqui todas as ações que estamos tomando para nos tornarmos cada vez mais sustentáveis e responsáveis com o planeta.

Até 2023, 100% da viscose que usamos será certificada.

como eu vejo as informações de produto no site e no app?

materiais que usamos hoje

ALGODÃO BCI

O algodão com certificação Better Cotton Initiative é cultivado com menos insumos químico e menos consumo de energia e água, além de seguir relações trabalhistas justas e responsáveis.

ALGODÃO NATURALMENTE COLORIDO

Suas fibras nascem já coloridas, economizando muitos litros de água, reduzindo as emissões de gases e eliminando a necessidade de tratamento de águas residuais.

VISCOSE DE BAMBU

O bambu é um vegetal abundante e que volta a crescer naturalmente (e super rápido) após o corte, uma alternativa mais sustentável e que evita o desmatamento.

POLIAMIDA BIODEGRADÁVEL

Amni® Soul Eco, o primeiro fio de poliamida biodegradável do mundo, se decompõe em menos de três anos quando descartada corretamente em aterros sanitários

ALGODÃO RECICLADO

Ele é composto de retalhos, resíduos e sobras de produção têxtil, economizando recursos naturais. O processo de reciclagem envolve diretamente milhares de pessoas ligadas às cooperativas e associações comunitárias.

VISCOSE CERTIFICADA EcoVero™ da Lenzing™

As fibras são derivadas de madeira e celulose certificadas (FSC® ou PEFC®) e derivada de recurso renovável como matéria-prima.Ou seja, baixa emissão de carbono e menor impacto ambiental.

PET RECICLADO

O uso de poliéster reciclado diminui nossa dependência do petróleo e de matéria prima não renovável, economizando água e energia, além de incentivar investimentos e recursos para catadores e cooperativas de reciclagem.

ACETATO RECICLADO

O acetato reciclado sai das sobras do processo de fabricação dos óculos de sol convencionais.

ALGODÃO ABR

O algodão ABR (Algodão Brasileiro Responsável) ​segue boas práticas sociais, ambientais e econômicas em seu cultivo.

AÇO INOXIDÁVEL

Para os óculos que contém metal, optamos pelo aço inoxidável, que é 100% reciclável e também o material mais reciclado no mundo.

Até 2023 vamos eliminar 100% do plástico virgem de todas as embalagens dos produtos de moda AMARO.

o que estamos fazendo hoje

Embalagens sustentáveis

EMBALAGENS SUSTENTÁVEIS

 

Substituímos o plástico virgem por plástico reciclado, retirado do nosso litoral.

Nossas entregas são feitas em caixas de papelão 100% reciclado. Se a encomenda for menor, ela vai em envelopes de papel kraft certificado (FSC), que ocupam menos espaço nos veículos de transporte. Menos espaço = menos viagens = menos emissão de CO2. 

Priorizamos entregas de bicicleta na cidade de São Paulo.

Reciclagem nos nossos Guide Shops

 

 

RECICLAGEM

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nossos Guide Shops funcionam como ponto de coleta para reciclagem.

Firmamos parceria com a Eureciclo e reciclamos aproximadamente 5 toneladas de plástico por ano. E além do plástico, reciclamos o equivalente a 30 toneladas de papelão em 2020.

Acreditamos que nosso time deve ser tão diverso quanto os problemas que queremos resolver.

Aqui na AMARO acreditamos que nosso time deve ser tão diverso quanto os problemas do mundo que queremos resolver, por isso somos intolerantes a intolerância. 

 

Temos uma política de ética clara e ações para sensibilizar, capacitar e reconhecer atitudes.

 

Estes esforços têm sido reconhecidos pelo time, que apresenta 90% de favorabilidade sobre nossas práticas de Cultura e Integridade.

35%

DO TIME AMARO SE DECLARA NÃO-BRANCO

69%

DO NOSSO TIME É FORMADO POR MULHERES

30%

DOS NOSSOS COLABORADORES FAZ PARTE DA COMUNIDADE LGBTQIA+

nossos fornecedores

Sustentabilidade na nossa cadeia de fornecimento

A sustentabilidade na nossa cadeia de fornecimento começa pelas pessoas.

 

Buscamos garantir que todas elas trabalhem em condições dignas, respeitando as legislações e passando pela homologação e auditoria da AMARO.

 

Todos os funcionários e fornecedores têm acesso a um canal de denúncia onde podem reportar qualquer irregularidade de forma anônima.

acesse aqui os relatórios de sustentabilidade da AMARO: 

manual da AMARO para se tornar uma empresa ambientalmente responsável

Compartilhamos aqui alguns dos nossos aprendizados e 9 passos para empresas que também querem se tornar ambientalmente responsáveis.

1. Faça um compromisso interno e busque apoio institucional

A iniciativa deve ter o apoio genuíno dos sócios ou CEO e ser prioridade na empresa. Eleja um Project Manager e monte um comitê que fique responsável por fazer com que os projetos aconteçam e que novas práticas do mercado sejam incorporadas ou analisadas.

 

As nossas premissas do projeto foram:

 

  • Transparência absoluta: em todas as etapas do processo, comunicando internamente e externamente;

 

  • Sempre adotar o impacto mais conservador: o que não podemos mensurar ainda, utilizamos bibliografia comumente aceita sempre inferindo o maior impacto possível;

 

  • Processos precisam ser escalonáveis: buscamos soluções inteligentes para a burocracia, já que sustentabilidade é um valor que sempre nos acompanhará e não um projeto com início, meio e fim.

2. Fique dentro da Lei

Sua empresa precisa cumprir a legislação mínima relacionada à responsabilidade ambiental. Alguns exemplos de documentos ou licenças que precisam ser verificadas são:

 

  • Licença ou dispensa ambiental - veja aqui
  • Documento interno de processo de descarte de produtos químicos - veja o exemplo aqui
  • Documento interno sobre destinação correta de resíduos 

3. Defina benchmarks e objetivos

Sustentabilidade é um assunto muito amplo. Tenha um escopo claro suportado por métricas ou práticas reconhecidas.

 

  • Escolha os melhores benchmarks (nacionais ou internacionais): tem muita gente que compartilha dos valores de se tornar sustentável. Pesquise pelas iniciativas dessas empresas, leia os reports e as publicações para entender como cada uma comunica e organiza seus projetos.

 

  • Entenda e aplique as ODS: os objetivos de desenvolvimento sustentável são a base mais aceita sobre o que uma empresa (ou qualquer comunidade) precisa focar em sua visão de Sustentabilidade. Entenda quais se encaixam ao seu negócio e mapeie seu processo produtivo de acordo com eles.

4. Foque nos principais impactos da sua operação

Entenda os impactos da sua operação e crie soluções para diminuir e compensá-los. Antes de se aprofundar nos detalhes, é importante lidar com os impactos mais conhecidos do dia a dia.

 

Quais impactos são esses?

 

  • Reciclagem e destinação de resíduos sólidos (do lixo orgânico às sobras de produção caso aplicável);
  • Fontes e reaproveitamento de sua água;
  • Evitar o uso de materiais reconhecidamente poluentes: Plástico virgem (substituir por reciclado), papel não reciclado, redução de uso de energia (lâmpadas de led e outras soluções);
  • Otimização da frota própria quando esta exista.

 

Este é um bom momento para o Project Manager e o comitê definirem o que é mais urgente, buscarem soluções e parceiros como empresas de coleta de lixo, reciclagem etc.

 

Defina seus KPIs: pegada de carbono é um dos mais utilizados, mas você também pode usar outras métricas como: quantidade de água, quantidade de resíduos ou kilowatts de energia.

5. Defina seus parceiros

Neste momento, você tem os responsáveis pelo projeto, a alta liderança está alinhada, seu escopo está pronto e suas primeiras entregas estão já acontecendo nas oportunidades verificadas no ponto 4.

 

É hora de definir os parceiros especializados que vão viabilizar a operação, validar seus planos e cuidar de toda parte burocrática e complexa.

 

Alguns parceiros que temos (ou que estamos em contato) na AMARO:

 

  • Green Solutions consultoria para identificar os principais impactos do negócio, mapear a pegada de carbono e fazer o inventário corporativo.   

 

  • eureciclo responsáveis pela compensação e reciclagem de todas as nossas embalagens e outras fontes de papel e plástico. 

 

  • Courri responsável pelas entregas sustentáveis (bicicleta)

 

  • Lemon fornecedor de energia de fontes renováveis (solares)

6. Mensure seu impacto

Já definiu seus KPIs? É hora de mensurar seu impacto. O Carbono é uma métrica amplamente utilizada por ter embasamento científico consolidado e estar alinhado com as definições do Acordo de Paris. Será uma métrica utilizada nos próximos anos para definir o impacto e objetivos de empresas e países.

 

Nosso projeto de pegada de carbono pode ser acessado em detalhes em nosso report (pilar Planeta).

 

  • Pegada de Carbono: é a pegada de nossos produtos, o impacto deles contemplando toda a  produção até a entrega na casa da cliente.

 

  • Inventário Corporativo: é o impacto da empresa e nossas operações (escritório, transporte dos funcionários etc).

 

  • Talvez valha a pena iniciar apenas com o Inventário Corporativo para se familiarizar com os cálculos e metodologia de perguntas e respostas para depois seguir para a pegada de carbono, que tende a ser mais complexa e profunda.

7. Compense e reduza seu impacto

Ao mapear seu impacto, você saberá quais são os maiores ofensores da sua cadeia, mas nem todos poderão ser resolvidos no curto prazo. Defina prioridades e comece um projeto de compensação.

 

Na AMARO, optamos pela compensação através de créditos de carbono, pois são verificáveis e certificados. Escolhemos dois parceiros para isso: MOSS Earth e Biofílica.

 

Pesquise sobre o que são materialidades e o que é uma matriz de materialidade. Entender como ela funciona é importante para adaptar ao seu negócio.

8. Busque melhorar sempre

Aqui, o passo 1 é fundamental. Os objetivos da empresa devem sempre refletir o compromisso em ser sustentável, apenas assim todos os times incluirão esse assunto em suas rotinas e entregas. Suas metas devem também ser mais ambiciosas ano após ano, reforçando o compromisso com a melhoria contínua.

 

Gere engajamento interno compartilhando com sua empresa os números, os planos e a importância do projeto. Assim, você garante que a sustentabilidade vire um comportamento e faça parte do processo decisório.

9. Compartilhe e reporte seus números cada ano

Ser transparente faz parte de ser sustentável. Existem metodologias criadas para isso, como o GRI, mas isso não é mandatório e pode trazer uma complexidade maior para o projeto.

 

Crie um relatório conciso e completamente transparente de como foi feito seu projeto, essa é a melhor forma de garantir que quem está lendo saiba exatamente o que está sendo entregue. É também a melhor forma de se traçar metas e próximos passos.

 

Busque formas legitimar seu esforço através de certificações ou ferramentas oficiais, por exemplo:

 

  • Registro Público de emissões: onde será cadastrado o seu inventário corporativo.

 

  • Buscar certificações como Sistema B ou CDP (Carbon Disclosure Project): elas são reconhecidas internacionalmente, atestam os procedimentos internos sustentáveis e classificam a sua empresa reconhecendo o resultado.

acesse aqui os relatórios de sustentabilidade da AMARO: 

Somos 100% carbono negativo. Vamos além do neutro e compensamos o dobro do carbono que emitimos.